Margem de contribuição - Como calcular seu produto

Como Calcular A Margem De Contribuicao Do Seu Produto Post (1) - Terceirização Financeira | Hands Gestão
|
14 de junho de 2019
|

Olá, tudo bem? Você está precisando saber como calcular a margem de contribuição do seu produto?

Muito bem!

Nenhum gestor ou vendedor deveria definir o preço do seu produto no momento da venda. Mesmo que algumas empresas estejam acostumadas a oferecer descontos para seus clientes, elas sabem exatamente até qual preço mínimo elas podem chegar, e preveem isso na precificação do seu portfólio.

Bom, pelo menos deveria ser assim.

E você sabe qual o cálculo que é feito para chegar nesse número?

Uma das formas de calcular o preço de venda de um produto é por margem de contribuição e, hoje, nossa empresa de assessoria financeira vai mostrar para você como calcular a margem de contribuição do seu produto.

Preste bastante atenção nessa leitura, pois trata-se de uma informação de vital importância, porque volume de vendas não é sinônimo de lucratividade.

Esse assunto te interessa?

Então vamos lá!

Primeiramente é preciso entender o que é margem de contribuição…

Uma vez que você precisa comprar o que é vendido e ainda tem que pagar determinadas despesas que só acontecem quando se vende, como é o caso das comissões dos vendedores e dos impostos sobre a venda, quanto é que vai sobrar para sua empresa pagar as despesas fixas e ainda ter lucro?

É exatamente isso que é a margem de contribuição.

  • Margem porque trata-se da diferença entre o preço de venda e os valores das despesas e custos específicos dessas vendas.
  • Contribuição devido representar em quanto o valor de suas vendas contribui para pagar as despesas fixas e também gerar lucro.

Ou seja, margem de contribuição é o ganho bruto sobre as vendas do seu produto, é o que sobra para sua empresa depois de pagar os impostos referentes à comercialização do produto e o custo de produção.

Assim, o que sobrar é destinado ao pagamento das despesas fixas e ao lucro.

Entendeu?

Certo. Agora você vai aprender a como calcular a margem de contribuição do seu produto.

Utilizar a fórmula da margem de contribuição é outra maneira de planejar a precificação dos seus produtos.

O cálculo é bem simples: controle financeiro = valor das vendas – (custos variáveis + despesas variáveis).

As despesas variáveis são os impostos sobre as vendas e a comissão dos vendedores, os custos variáveis são os custos de produção e o valor das vendas é o preço final pelo qual o produto de sua empresa é vendido.

E você quer saber as vantagens de você utilizar esse cálculo?

Perfeito; vamos te explicar:

  • Uma das vantagens do cálculo do controle financeiro é que você pode usar a fórmula sobre o total de vendas de determinado produto, o que te ajuda bastante a identificar quando é conveniente alterar o preço para ganhar competitividade.
  • Com o cálculo da margem de contribuição é você também consegue saber quantas vendas precisam ser feitas para alcançar o ponto de equilíbrio em determinado período; isso é possível através de uma projeção de vendas realista, claro.

Além disso, com a margem de contribuição conhecida você pode:

  • Ajustar preços dos itens que possuem margem menor.
  • Estipular metas do time de vendas para saldar determinados produtos.
  • Planejar promoções com mais assertividade; dentre outras ações.

Percebe como é importante compreender o conceito e saber como calcular a margem de contribuição de um produto?

Ela é fundamental para te auxiliar na melhoria dos resultados da sua empresa, especialmente no sentido de reavaliar custos e despesas e aumentar as vendas!

Agora, imagine se a margem de contribuição não é conhecida?! Certamente você pode estar vendendo muito e, mesmo assim, tendo prejuízo ao invés de lucro.

Portanto, se você tiver dificuldades para fazer o cálculo das despesas variáveis, fixas, custos de produção e margem de contribuição, venha conversar conosco que podemos de ajudar com excelência!

More articles

Como a Terceirização financeira pode ajudar sua PME?

6 de setembro de 2019

Como funciona o controle financeiro no varejo?

30 de agosto de 2019

4 erros de controle financeiro no varejo que podem ser fatais para a sustentabilidade do negócio!

23 de agosto de 2019

Terceirização de processos administrativos e financeiros – como isso pode ajudar sua empresa?

16 de agosto de 2019

LEAVE A COMMENT